9.12.15

Resenha Parceira: A Missão Agora é Amar - Cristina Melo


A Missão agora é Amar
Autora: Cristina Melo
Editora: Chiado
Páginas: 572
Cristina Melo, nos deu uma missão muito importante, e agora, nós a passamos para vocês!

Resenha Beca:

Não se assustem com suas quase 600 páginas kkkkkk As letras são grandes, o que faz você ler um capítulo muito rápido, apesar dos capítulos também serem grandes.
Achei as primeiras 200 páginas meio paradas, não acontece muita coisa e os capítulos são um pouco repetitivos, pois em um capítulo Lívia, a protagonista, conta uma cena e no capítulo seguinte, Gustavo ou Otávio, os protagonistas, contam a mesma cena, sendo que os personagens são um pouco previsíveis então quando um conta já dá para ter uma ideia do que o outro está sentindo ou até mesmo pensando...
Mas mais ou menos no meio do livro em diante a história me envolveu e passei a shippar (e muito) Lívia e Gustavo, que são um casal muito fofo e engraçado. Além de eu AMAR a amiga de Lívia, Bianca, dei boas risadas com ela.

Bom, vamos falar um pouco sobre a história do livro:

“A Missão Agora é Amar” conta a história de amor entre Lívia e o capitão (gato e gostoso kkkkk) Gustavo Torres.
Lívia é uma estudante de Educação Física que AMA a dança e sonha, junto com sua amiga Bia, em terem sua própria academia. Está noiva do advogado Otávio e perdeu seu pai, que era policial e foi morto na porta de casa, a cerca de 2 anos.
Ao perder o pai, Liv fez uma promessa: Nunca se apaixonar por um policial, para nunca mais sofrer o que sofreu pelo pai e o que viu sua mãe sofrer...até conhecer o capitão Torres...
Gustavo Torres é um cara impulsivo, que age de cabeça quente no que diz respeito aos seus sentimentos, mas um cara controlado e calculista quando está em uma missão do BOPE...até que conhece Lívia...
Ao se conhecerem, quando Lívia saía de uma festa e Gustavo estava em uma missão, a vida de ambos muda completamente. Lívia não consegue manter seus ideais e se apaixona por um policial. Gustavo para de pensar somente em seu trabalho e não tira Lívia da cabeça.
Uma paixão que tinha tudo para destruir a ambos, mas dizem que o amor cura tudo não é mesmo?

Com uma história de amor assim quem liga para as mais de 500 páginas? Kkkkkkkk
Talvez se o livro fosse dividido em dois, um a versão dela e outro a versão dele, os livros não seria tão grandes e deixaria de ser cansativo!!!
Mas como eu disse antes com uma história de amor tão linda quem liga para a quantidade de páginas, não é mesmo? Kkkkkk

Resenha Lua:

Objetivo: Se deixar levar pela escrita de Cristina Melo.
Alvo: Seu coração.
Missão: Se render ao capitão.
E aí vocês estão preparados? Vou contar os detalhes antes de vocês aceitarem a missão.
A escrita da Cris me cativou assim que li o primeiro trecho do livro, em meados de agosto. Sou suspeita para falar do livro, pois acompanhei todo o processo de construção, até o resultado final.
Cris, construiu um enredo primoroso, foi atenta aos detalhes, a construção dos personagens é impressionante, todos nós já conhecemos um capitão por ai, ou, temos uma amiga louquinha. 
A diagramação, da editora Chiado ficou boa, a fonte da letra tem um tamanho adequado, não tornando a leitura cansativa, isso é muito importante, principalmente quando, o livro tem quase seiscentas paginas, porém, a revisão deixou passar alguns errinhos ortográficos que comprometem um pouquinho as frases, são coisas simples, mas por estar atenta a leitura, eu notei. Contudo, isso não compromete diretamente a história. Atire a primeira pedra quem nunca errou.
Eu me senti parte do livro, senti cada  emoção, me apaixonei, senti raiva, é claro, que eu quis socar a Lívia, dar alguns chutes no capitão e mandar esses dois orgulhosos fazerem as pazes logo.
Lívia tem 23 anos e está noiva do homem perfeito, Otávio, um advogado de renome. Parecia que finalmente a vida estava dando a Lívia tudo o que ela merecia, felicidade, porém tudo muda, a vida perfeita quebra- se diante de seus olhos.
Lívia pega seu noivo “perfeito” com outra em seu escritório. Após um final traumático, ela está decidida a seguir em frente, e é aí que entra a personagem mais pirada do livro inteiro, Bia, a melhor amiga, afinal nossas mocinhas não sobrevivem sem elas né? Bia força a amiga a ir afogar as magoas na balada, voltando da festa, que foi em uma comunidade do Rio, elas são interceptados pelo Bope, onde um capitão muito arrogante está dirigindo a operação policial e Lívia bate de frente com o capitão Torres, rola uma troca de olhares, daquelas, que deixam a perna bamba e o coração batendo mais rápido. 

 “Nunca havia sentido isso antes, era como se uma força me puxasse para ele, minhas pernas estavam bambas, mas não acho que fosse nervoso.” – Lívia

Gustavo Torres (sim o capitão tem nome rsrs), 31 anos, um homem extremamente focado no trabalho, que não se abala com nada, há dez anos faz parte do batalhão de operações policiais especiais ou simplesmente o BOPE.

 “-... e por um segundo me perco em sua beleza, nossos olhos se encontram e é como se só existisse nós dois ali, ela me olha bem séria, com uma intensidade que nunca tinha sentido antes com ninguém.” – Gustavo

Enquanto a operação está acontecendo, Lívia e Gustavo estão trocando farpas, em um jogo onde eles tentam mostrar quem manda, porém ambos estão abalados com o encontro, em contra partida, Bia está trocando sorrisos com o Tenente Michel, eles trocam números de telefone. O encontro explosivo entre eles passa rápido. Mas em todo o bom livro eles vão se encontrar novamente com a ajuda dos melhores amigos, Michel e Bia, que se envolveram em um relacionamento e querem a felicidade de Lívia e Gustavo que estão orgulhosos demais para dar o braço a torcer.

“Policiais não deveriam ter fraquezas! Não acha Capitão?”- Lívia
“- Vai embora, por favor – Ele ergue a mão em minha direção.
- Para com isso meu anjo.
- Eu não sou seu Anjo! – Falo ríspida.”

Lívia tem uma regra sobre não namorar policiais, após o pai policial ter morrido na porta de casa, mas Gustavo a fará quebrar a sua regra, ele vai lutar por ela com unhas e dentes, afinal ele é caveira, desistir é uma palavra que não existe no vocabulário dele.

“Eu era do Bope, nada me parava, eu tinha uma caveira tatuada no coração.” – Gustavo.
“É, eu estava perdidamente apaixonado por esse anjo chamado Lívia.” – Gustavo.
“... Você é minha casa, não importa onde possamos estar, sempre vo me sentir em casa com você” – Gustavo.

Entretanto, o vilão do livro não vai deixar o nosso casal ser feliz, tão facilmente né, vão rolar armações, desencontros, e quase tive pena dele, calma eu disse quase rsrsrs.
Lívia e Gustavo protagonizam cenas quentes, bem quentes, o capitão tem um ânimo que meninas, vocês ficarão com inveja da Lívia.

“- Eu te amo meu Anjo, você é tudo que eu preciso.” – Gustavo
“Você foi feita para mim meu Anjo, nunca vou me cansar de você.”- Gustavo

O livro é um misto de emoção, ação e acima de tudo muito amor. Missão é um livro onde você vai rir se emocionar, quebrar algumas regras e com certeza vai querer matar os personagens em algum momento.
 Os personagens secundários são extremamente bem construídos e cativantes, quero um conto de Bia e Michel, viu Cris, então agiliza aí, quero como presente de natal.
E temos uma amostra do que está por vir no livro dois, Amor Súbito, que vai contar a história da Clara e do Carlos, já estou ansiosa!
E aí, será que o capitão vai conseguir o coração de Lívia? E o ex- noivo se conformara em perder sua amada? E você vai aceitar a missão ou vai pedir para sair?  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...