17.3.17

Resenha: Minha Rendição - Cinthia Freire

Olá leitores? Como estão? Espero que bem.
Hoje tem resenha de Minha Rendição da querida parceira, Cinthia Freire, o segundo volume da série Segredos, chegou a amazon a pouco mais de um mês e meio e está arrebatando milhares de corações. Vem conferir o que achei de Minha Rendição.

Cinthia Freire
Link para comprar na Amazon: Minha Rendição
Páginas: 518
Classificação: 4,5 \ 5

Sinopse: Segredos são como fantasmas nos assombrando e nos fazendo crer que são reais.
Todos têm os seus fantasmas.

Poliana tem os seus e há seis meses ela tenta se convencer de que ainda é capaz de viver, mesmo que seu coração lhe diga que não há mais esperanças.

Vinicius é um renomado cardiologista que vê no trabalho voluntário uma forma de se redimir dos seus pecados.

Uma mulher marcada pela dor, um homem que carrega em seu coração a culpa por seus atos.

Duas almas feridas encontrando nos braços um do outro uma nova chance para serem felizes.

Um livro sobre culpa, perdão, rendição e a descoberta do verdadeiro amor, mesmo quando não se espera por ele.

Resenha:
Cinthia Freire conseguiu mais uma vez, já perdi a conta de quantas vezes iniciei uma resenha com essa sentença. Sempre que inicio uma nova história, escrita por ela, eu penso “Não é possível me apaixonar por ela ainda mais” e adivinhe? Ela sempre consegue me surpreender com a carga dramática e intensidade do enredo e dos personagens.

Quando a Ci me falou que o próximo livro da série seria do Vinicius, eu reclamei, briguei e até xinguei o personagem por tudo o que ele tinha feito e até disse “Ele vai ter que rastejar muito para receber o meu perdão”, Então será que ele conseguiu????

“Não são os nossos erros quem nos define, mas a maneira como agimos a partir
deles. Quem nos tornamos, o quantos eles nos marcam.”

Vinícius Becker é um jovem médico ambicioso, a ambição o fez se afastar do verdadeiro motivo pela qual ele quis tanto se tornar um médico, salvar vidas e ajudar quem precisa, o cardiologista passou por uma grande mudança em sua vida. Meses atrás um erro o fez se tornar outra pessoa. Agora ele vive atormentado pela culpa e pelo medo, apesar de Carol e Gabriel o terem perdoado ele não consegue seguir em frente. E por este motivo abre a ONG Laura Smith, que visa ajudar uma comunidade carente, ele jamais imaginou que ali em meio a falta de necessidades básicas ele fosse encontrar o essencial para a vida, o amor.

Poliana é garçonete em um pequeno restaurante da periferia, sendo o ponto alto do seu dia as gorjetas que ganha dos trabalhadores de obras próximas que sempre almoçam por ali. Poli é uma mulher com feridas abertas e um passado difícil de esquecer, o sorriso no rosto angelical não é capaz de curar as feridas mais profundas.

"Livre, embora prisioneira das minhas lembranças. Adulta, embora nunca tenha me sentido tão pequena, tão imatura. Forte, embora, às vezes, a fragilidade me sufoca ao ponto de me fazer chorar."

Em um encontro ao acaso Poliana e Vinicius colidem, mundos opostos passam a viver lado a lado, um carinho, admiração e uma forte amizade  cresce rapidamente entre eles, mas Vinícius passa a enxergá-la com outros olhos.
Um amor natural surge entre os personagens em meio aos dilemas, preconceitos e fantasmas passados. Ambos buscam a rendição que só o amor pode trazer.
Vinicius é gentil. Poliana é receio.
Ele é medo. Ela incerteza.
Ele está ferido. Ela está se reconstruindo.
Ambos juntos podem encontrar a rendição que tanto procuram.
"Sou um cardiologista, minha vida é cuidar desse músculo que nos mantem vivos, mas eu só descobri sua verdadeira função no dia em que senti o seu parar de bater em minhas mãos."

O romance é narrado em primeira pessoa, alternando entre Poliana e Vinicius. Os personagens são bem distintos entre si, a autora deixa transparecer pela narrativa a carga dramática e emocional necessária para o leitor mergulhar na história e esquecer de qualquer outra coisa. As cenas se desenvolvem com tanta naturalidade que eu cheguei a esquecer que estava lendo, pois me senti vivendo aquela vida, os diálogos e as situações enfrentadas pelos personagens.

Minha Rendição é um romance intenso e visceral, que vai fazer o leitor embarcar em uma jornada repleta de sensações. Os temas abordados no livro servem como um chacoalhão, a violência contra a mulher, relacionamentos tóxicos, abuso de álcool e drogas, preconceito entre outros. Minha Rendição foi tão bem amarrado que um tema puxou o outro de forma tão natural que nenhum ofuscou a importância do outro e não deixou o leitor confuso. Cinthia conseguiu informar com maestria e alertar os leitores sobre pequenas atitudes no dia a dia que podem ser maiores do que pensamos e ter consequências graves.

O enredo foi desenvolvido com muito carinho e naturalidade por parte da autora é possível ver isso a cada página a cada capítulo.

Se você gosta de uma história forte e emocionante, Minha Rendição vai se tornar seu livro de cabeceira. É impossível terminar a leitura e ficar imune a tudo o que foi lido.

Sou apaixonada por Meu Erro, mas confesso que Minha Rendição roubou minha atenção, não somente pelo tema, mas pelo crescimento da autora que a cada dia consegue criar histórias mais reais, que emocionam e fazem o coração bater mais forte, que faz suspirar a cada meia página.

Minha Rendição tem a dose certa de realismo e fantasia que ao final da leitura nos faz querer um amor do mesmo jeito que o de Poliana e Vinicius.

Cinthia Freire escreveu um romance que tem tudo para ser um verdadeiro conto de fadas, e sim Vinicius me ganhou antes do 5° capítulo rsrs.


Um comentário:

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...