11.1.16

Entrevista - Laritza Oliveira


Hey Mentes, hoje tem entrevista com a Lari Oliveira, a autora de O garoto ao Lado, lançado pela Novo Século, pelo selo Talentos da Literatura Brasileira. Lari também possuiu, dois livros new adult, eles estão disponíveis no wattpad, o link estará disponível no final do post.
Esperamos que vocês se encantem pela Lari. 

Duas Mentes Literárias: Fale-nos um pouco sobre você.
 Laritza Oliveira: Eu sou mineira, mas vivi grande parte da minha vida na Bahia. Eu amo ler e sempre fui obcecada por falar e escrever tudo certo. Tenho uma fascinação pela língua inglesa e quero viajar muito ainda. Como quase toda escritora tenho uma ligação forte com música. 

Duas Mentes Literárias: Como você descobriu que queria ser escritora? Em sua biografia, você fala que sua mãe sempre te chama de escritora, quando isso começou?
Laritza Oliveira: Eu escrevia desde pequena, criava pequenas histórias que nunca davam em nada, mas sempre estava usando a criatividade. Na terceira série, ocorreu um projeto onde tínhamos que escrever um conto de mistério. Assim que terminei meu conto vi que não estava satisfeita só com aquilo, queria que tivesse mais. Depois disso eu tentei escrever vários livros, mas nunca me vi satisfeita com o que escrevia. Aos doze, surgiu a ideia de “Spell: O diário”, meu primeiro livro publicado. Foi naquela época que minha mãe começou a me chamar de escritora (o que para mim é muito embaraçoso ainda rsrsrs) porque os meus rabiscos se tornaram um livro de verdade.

Duas Mentes Literárias: Como surgiu a ideia para o Garoto ao lado? Fale um pouco sobre o livro?
Laritza Oliveira: Bem, desde “Spell: O diário” eu não conseguia escrever mais. Por ser o meu primeiro livro e ter escrito muito nova, “Spell” tinha muitas falhas e recebeu muitas críticas negativas. Eu fiquei durante quase dois anos sem querer escrever para publicar. Tudo para mim ia ficar ruim e receber novas críticas ruins. Até que quando me mudei para Palmas senti que era hora de tentar escrever de novo. A princípio era apenas um conto, mas algumas amigas do colégio leram e perguntaram se era um livro. Eu respondi que não e elas pediram para continuar. Foi daí que o conto O Garoto Ao Lado se tornou um livro.

Duas Mentes Literárias: Qual a sua principal inspiração na hora de escrever? Você segue algum ritual, musica um lugar especial?
Laritza Oliveira: Eu escrevo em qualquer lugar normalmente. Tem que ser uma bateria de escola de samba bem barulhenta para tirar minha concentração rsrsrs. Normalmente eu ouço música enquanto escrevo, mas não é em todo lugar que posso ouvir (quando escrevo na escola, por exemplo). Outra coisa importante sobre o processo de escrita é que eu não consigo escrever diretamente no computador, tenho que pegar o papel e a caneta para a inspiração vir.

Duas Mentes Literárias: Você é fã dos clássicos? Em sua obra a algumas referencias aos romances de Jane Austin, qual a sua obra favorita dela?
Laritza: Oliveira: Eu amo os clássicos. Lia muito quando era mais nova e até me envergonho de não ler mais. Eu estudei em uma escola com uma biblioteca enorme que tinha versões dos clássicos em uma linguagem menos formal e eu simplesmente amava. Só “descobri” Jane Austen alguns anos depois quando li O Morro dos Ventos Uivantes e na última página tinha um daqueles “Leia também”. Lá estava Orgulho e Preconceito, que com certeza é a obra dela que mais gosto e por isso está tão presente em O Garoto Ao Lado.

Duas Mentes Literárias: Qual a dica você da para quem quer começar a escrever e não faz ideia de por onde começa.
Laritza Oliveira: Eu acredito que para começar a escrever basta o escritor, o papel e a caneta (ou apenas o computador). Não se torna escritor quando se tem um livro publicado, mas quando você escreve a primeira palavra. Então, primeiro é sempre bom ter uma ideia base sobre o que se quer escrever. Saber previamente qual é o começo, meio e fim do seu protagonista e disso incrementar com suas ideias ao longo do caminho.

Duas Mentes Literárias: Você é eclética ou tem algum preconceito literário?
Laritza Oliveira: Eu sou altamente eclética! Até acho difícil isso, porque existem tantos livros perfeitos que não sei se darei conta de ler todos até o fim da minha vida. Não acredito que exista livro ruim, só não o leu no momento certo.
Duas Mentes Literárias: Qual o seu autor nacional favorito e porque? Como ele te inspira?
Laritza Oliveira: Com certeza é a Carina Rissi. Eu amo os livros dela. Todos personagens dela me cativam. Sou apaixonada pela forma leve que ela escreve um livro de mais de 400 páginas. A Carina me inspira porque ela tem esse jeito de sempre escrever com bom humor e também por ter chegado onde chegou e nunca ter perdido a essência da sua escrita original.

Duas Mentes Literárias: Nicholas é uma espécie de anti- social (sexyrsrs), você se inspirou em alguém?  E o Benhur tem um papel muito importante na vida de Alice, e ele existe na sua vida real, como a amizade entre vocês surgiu?
Laritza Oliveira: O Nicholas é uma questão delicada, porque por mais que diga que ele é totalmente fictício existem aqueles que dizem que ele é alguém que eu me apaixonei. A única inspiração que recebi para criar o Nicholas foi do Quentin (Nat Wolff) de Cidades de Papel em relação a aparência, mas apenas isso. O Ben é totalmente real por outro lado! Nós nos conhecemos do mesmo modo que a Alice o conheceu: em um grupo de WhatsApp de livros. Quis deixar essa parte porque ainda existe a grande questão dos perigos de conhecer pessoas na internet. Com o Ben descobri que podemos encontrar sim boas pessoas e criar uma boa amizade na internet.

Duas Mentes Literárias:  E a pergunta que não quer calar, tem continuação?
Laritza Oliveira: Bem, eu nunca quis escrever mais que um livro de O Garoto Ao Lado, mas assim que cheguei ao último capitulo vi que não estava pronta para deixar a Alice e o Nicholas. Escrevi então o epílogo logo em seguida, deixando uma brecha para o próximo livro. Esse ano já estarei trabalhando nos próximos e basta apenas a editora e os leitores se interessarem que com certeza teremos mais Nicile (sim, eu criei um shipp para o Nicholas e a Alice rsrsrs).

Duas Mentes Literárias: Você tem um blog também, sinta-se a vontade para divulgar seu blog e redes sociais.
Laritza Oliveira: Meu blog e canal no YouTube é All- A Lari Leu. É mais um hobby meu onde me divirto muito. Quem quiser encontrar mais sobre mim é só ir lá e também nas minhas redes sociais:

Página do Facebook: www.facebook.com/laritzaoliveira
 Instagram: @laribliveira
 Snapchat: laribliveira
 Wattpad: lariborgesoliveira

Duas Mentes Literárias: Quais são seus novos projetos? Pode falar um pouco sobre eles?
Laritza Oliveira: Como disse, quero escrever as continuações de O Garoto Ao Lado. Acredito que pelo menos um consigo escrever esse ano. Estou trabalhando também em um outro livro que escrevi há algum tempo chamado Um Amor Real, que conta a história do príncipe Daniel de um país insular chamado Hybéria que está em busca de uma esposa para se casar e estar apto a assumir o trono. Ele encontra a Ester que não quer de maneira alguma ser rainha embora queira ficar com o Daniel. Por esse ano são apenas esses, mas ainda tem outros livros que irei escrever nos próximos anos.

E aí Mentes, gostaram de conhecer a Lari? Esperamos que sim! 
Em breve, tem resenha de "O garoto ao Lado", garante já o seu exemplar em : http://www.saraiva.com.br/catalog/product/view/id/3703554 corre que o livro está em promoção, apenas 19,90 omg, omg.

Até a próxima!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...