16.2.16

Resenha: Um novo Amanhecer - Cinthia Freire


Hey Mentes, para iniciar bem a semana tem resenha dupla, Um Novo Amanhecer da queridíssima autora parceira, Cinthia Freire.
Um novo amanhecer
Autora: Cintia Freire
Editora: Novo Século- selo Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 376

Sinopse:

Giulia está arrasada! seu namoro chegou ao fim e ela não sabe o que fazer.

Leo está confuso e com medo, seu tempo está acabando e ele não quer magoar sua namorada.
Zyon é um anjo perdido e apesar de saber que está em uma missão na Terra, ele não tem idéia exatamente do que o aguarda.
Em uma tarde chuvosa o caminho dos três se cruzam de forma trágica e comovente.
Uma garota apaixonada
Um garoto doente
Um anjo perdido.
Eles serão capazes de descobrir a força do primeiro amor?

Resenha Lua: 
Team Leo... “A esperança é uma coisa engraçada. Quando você deixa de acreditar ou deixa de esperar, algo acontece. É como se ela estivesse sempre ali, à espreita, aguardando o momento de surpreendê-lo depois de ter sugado toda a sua energia.” 

 Apaixonante e leve. Cinthia Freire, aborda em sua obra um tema “pesado”, o câncer na adolescência, Leo um jovem lindo, imponente é o melhor amigo de Giulia, a relação deles de amizade torna-se rapidamente em algo mais, ambos se veem perdidamente apaixonados um pelo outro.

"Nosso relacionamento estava deixando de ser apenas uma amizade e eu estava completamente apaixonada. Aquele jeito dele descontraído e sincero, o sorriso lindo, o ciúmes bobo...Tudo nele me encantava, e eu não conseguia mais esconder isso” – Giulia’’

‘’Eu estou apaixonado pela garota mais incrível que já conheci na minha vida, aquela que faz com que eu me sinta bem todos os dias, a garota mais linda, a mais divertida e a mais especial. ’’ Leo

 O primeiro amor visto pela ótica de uma menina de quinze anos é tão sensível, sutil que é quase, palpável o amor de Leo e Giulia.
" -Eu o amo tanto que chega a ser injusto Leonardo. -Injusto é querer você tanto quanto eu quero e ter tão pouco tempo para isso."Giulia
Leo descobre que o câncer voltou e ele não quer que Giulia, fique com pena dele, então ele toma uma decisão radical, terminar o namoro, claro que a principio ela não entende.

"Já estava acostumado a perder. Minha vida era uma perda constante." Leo

   Assim que ela descobre, ela luta bravamente para ficar ao lado de seu amado, apesar de ele relutar, Leo tem momentos ruins, onde ele está ranzinza e quase amargo, chegando a magoar Giulia, mas é compreensível todos os momentos em que Leo, deixa de ser o garoto risonho, afinal o câncer afeta não somente o corpo, mas a mente também.

“O medo havia sido esmagado por ela, pelo seu sorriso lindo, pela sua maneira doce de me amar” Leonardo
Zyon um anjo arrogante que é enviado para a Terra com uma missão desconhecida, ele vai precisar a aprender por que os seres que ele despreza tanto (Humanos) são tão especiais. Zyon fica perturbando quando vê uma menina correndo chorando em uma chuva torrencial, é assim o destino desses três jovens se cruza.

"Queria acalmá-la, não por mim, porque eu já não me importava mais com a dor que eu sentia. A dor era a minha conexão, era o que me ligava a ela; então, aprendi a gostar daquela dor. Mas eu queria vê-la feliz, não queria mais vê-la sofrer daquela maneira, ele era tudo para ela."
“Foi apenas um instante, tão rápido que para um ser humano não significaria nada. Mas, para mim, era o começo de tudo. Foi quando o relógio da minha vida começou a girar, quando minha existência passou a ser contada. Quando eu deixei de ser mais um para ser alguém.” Zyon


  Cinthia conseguiu desenvolver um bom romance adolescente, ao longo do livro vamos notando um amadurecimento por parte de todos os personagens, Giulia é Zyon crescem muito ao longo do livro, a autora se mantêm fiel a essência de cada personagem até a última linha, e isso é bem difícil, fazer seus personagens crescerem sem que eles percam sua essência, ela ganhou pontinhos com isso. 

 A autora trabalha o livro inteiro entre passado, presente e o futuro têm a ótica de três momentos diferentes, o leitor enxergará o amadurecimento dos personagens e as mudanças na vida de cada um, Leo vai deixando de ser o garoto alegre, atlético e ruim no skate aos poucos, a doença vai tomando conta de seu corpo e de sua mente, eu fiquei extremamente triste nos momentos que ele está no hospital, ou não conseguia fazer algumas coisas simples. Eu chorei algumas vezes (Eu li no ônibus, uma mania que eu preciso parar, até hoje o cobrador deve me achar uma maluca, eu subi rindo e desci chorando)... Foi impossível não me levar pelas emoções que esse livro desperta.
 Um triângulo amoroso peculiar, mostrando que o amor une as pessoas das formas mais loucas e impossíveis.

  A narrativa do livro alternada entre Giulia e Zyon, faz com que possamos entrar ainda mais de cabeça com a história,  os detalhes ao longo da narrativa faz com que o leitor entre tanto no universo desse triângulo e na doença de Leo, que chega a sufocar o leitor, acreditem em mim quando digo que a dor é palpável, o capítulo narrado por Leo ainda está bem vivo na minha mente, apesar de já fazer um bom tempo que li. Em livros com temas "delicados", uma narrativa sensível e cativante é essencial para manter o leitor ligado ao enredo e aos personagens. 

  A diagramação está linda, a capa resume bem a relação de Giulia e Leo à paixão de Leo pelo skate, o dente de leão é um símbolo frequente na história e desempenha um papel lindo de uma forma metafórica. Eu amo metáforas, um dos meus livros favoritos é  A culpa é das estrelas, alguma dúvida sobre eu amar metáforas??”.

 Se eu recomendo Um Novo Amanhecer? Claro que sim, a história de Leo e Giulia é emocionante, romântica e vai te surpreender.

Resenha Beca:


"Um Novo Amanhecer" é um romance leve que envolve dois tipos de homens que eu amo em livros: Anjos e Skatistas kkkkk (Na verdade gosto deles na vida real também, mas como nunca vi um anjo me contento só com os Skatistas mesmo )( risos).

   O livro de estreia de Cinthia Freire conta a comovente história de Giulia, seu namorado Leo e seu anjo da guarda Zyon (suspiros eternos por Zyon )(risos).

   Gi e Leo se conhecem na escola, se tornam amigos  para logo o amor tomar conta dos dois, porém perto do aniversário de namoro dos dois, Leo é diagnosticado com câncer.

   Zyon  vem à terra com um propósito, uma missão...que ele infelizmente não sabe qual é!!!
   Em uma tarde chuvosa Gi corre em direção à praça dos Skatistas, mais exatamente em direção ao banco que compartilhava com Leo todos os sábados até ele ficar doente. Zyon caminha na chuva sem rumo, quando uma menina passa por ele correndo e chorando e se senta em um banco de uma praça...foi ali que tudo começou...

   Zyon por ser um anjo não era visto pelos humanos, mas naquela praça vazia, só ele e a garota triste, ele sentiu uma conexão inexplicável entre eles. A partir daquele dia ele não conseguiu mais se afastar de Giulia, ia com ela para todos os lados, sentia tudo o que ela sentia...ele era como uma extensão dela!!!

   O único ponto negativo que eu tenho do livro é sobre os erros ortográficos e de pontuação que ele tem (admito que as vezes sou um pouco chata com essas coisas, a Lu que o diga porque vivo corrigindo ela )(risos), mas nada que atrapalhe a essência do livro.

   As mudanças de tempo são separadas muito claramente, onde as lembranças dos personagens estão em uma letra diferente da história no presente, e no começo de cada capítulo tem a indicação de qual personagem está narrando aquele capítulo, e eu admiro muito essas coisas nos livros, pois já li alguns que me deixaram muito confusa.


   UNA  tem uma história linda de um casal apaixonado lutando contra o câncer e um anjo com um amor impossível por uma humana. 

E que te faz pensar... Até que ponto você se sacrificaria por amor???







Um comentário:

  1. OMG.... Que resenha maravilhosa... Me deixou eufórica e com uma vontade imensa de ler o livro... Adoro esse tipo de história... Apesar de sempre me fazer chorar... Rsrs... Beijos

    ResponderExcluir

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...