25.3.16

Resenha - Cartas de Amor aos Mortos

Hey Mentes, como estão? O livro de hoje é Carta de amor aos mortos, um livro com nota 4.2 no skoob eu tinha que ler. 
 É um livro maravilhoso, confiram a resenha.

Autor: Ava Dellaira
Editora: Seguinte
Páginas: 344
Classificação: 5/5 
Ficção - Infanto juvenil 

Sinopse: Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky. Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era — encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um — é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho.

Resenha: 

Você já escreveu cartas é não enviou? Se a resposta for sim, aposto que você nunca escreveu cartas como a de Laurel, ela escreve cartas aos mortos, os grandes artistas, cantores, poetas, estrelas de cinema e etc, cada um recebe uma carta de Laurel, são cartas emocionantes e que vão tocar o leitor. 

Um trabalho escolar mudou a vida de Laurel, sua irmã morreu a pouco tempo e ela se está reclusa, a professora passa um trabalho escrever uma carta para alguém, Laurel começa a escrever no começo para o trabalho, mas não entrega. 

"Quando escrevi as primeiras cartas para vocês, encontrei minha voz. E quando minha voz surgiu, algo respondeu."

Laurel conta nas cartas para Amy Winehouse, Court Cobain e outros sobre o seu dia a dia, através das cartas conhecemos Sky o carinha gato, ela acaba conhecendo duas amigas Natalie e Hannah, conhecemos a família de Laurel, seus pensamentos, sonhos e anseios. E acabamos percebendo que May a irmã dela que faleceu não era tão perfeita. 

"...Quanto mais se ama alguma coisa,mais difícil é perder."

Sky e Laurel desenvolvem um relacionamento conturbado, ela ainda está em um período de luto, Hannah e Natalie desenvolvem um relacionamento amoroso, é tão singelo e sutil o modo como a autora mostra o amor delas que o leitor refletira mesmo depois que terminar o livro. 

Hannah, Natalie, Sky e Laurel conhecem Tristan e Kristen um casal que está no último ano da escola, um ano decisivo, todos sabem que no próximo ano tudo estará diferente e eles vão aproveitar cada segundo juntos. 

"- Sabe por que se apaixonar é o que pode acontecer de mais profundo com uma pessoa? Porque quando estamos apaixonados, estamos totalmente em perigo e completamente salvos, os dois ao mesmo tempo.".

Os capítulos estão maravilhosos, o enredo é magnifico. A escrita de Ava me lembrou o livro as vantagens de ser invisível que é um livro maravilhoso também, mas eu amei mais Cartas de amor aos mortos, a visão de Laurel para cada estrela é fantástica, a carta que ela escreve para Amy me deixou emocionada e não foi a única, mas é uma das minhas preferidas. 


"Querida Amy Winehouse,
De certa forma, você parecia saída dos anos 60, como Janis e Jim, ou dos anos 90, como Kurt; sua audácia era de outra época. Quando seu primeiro álbum foi lançado, você ainda tinha um ar inocente, de uma garota bonita que dizia se achar feia nas entrevistas. Mas quando seu segundo álbum saiu, você tinha inventado uma personagem. Subia ao palco de vestido, bebendo, com o penteado enorme e delineador à Cleópatra; cantava com uma voz que emanava do seu corpo magro. Você usava roupas como se fossem uma armadura, mas, nas músicas, se abria totalmente. Estava disposta a se expor sem se importar com o que as pessoas pensavam. Eu gostaria de ser assim."


A capa é PERFEITA e se conecta perfeitamente com a história. Ava relatou assuntos delicados e polêmicos de forma sutil, drogas, sexo, homossexualidade e suicídio com muito tato e cuidado, a carga emocional da história é altíssima, leia preparado para forte emoções.

Um livro que merece ser lido e relido. É um daqueles que sempre que você olha na estante seu coração perde algumas batidas, é um dos meus favoritos. 


Abraços literários e até a próxima! 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...