21.3.16

Resenha - O garoto dos olhos Azuis







   Hey Mentes, como estão? A resenha de hoje é mais um check-lit e o melhor de tudo nacional, como vocês sabem a maior parte das resenhas aqui no blog são nacionais, pois incentivamos a nossa literatura que é rica em vários gêneros. 
   O livro maravilhoso de hoje é O garoto dos Olhos Azuis da autora Raiza Varella, eu tive a sorte de ganhar esse livro em um sorteio feito pela autora, e eu ameiiiii tanto que já garanti o seu próximo livro, "O garoto que tinha asas", vou fazer um post falando sobre ele. 
Curtam a resenha de hoje!

Autora: Raiza Varella
Editora: Pandorga
Páginas: 356
Classificação: 5/5 
Check Lit


Sinopse: O príncipe encantado existe?

  Bárbara é linda, loira e bem-sucedida. Desde que assistiu a uma cerimônia de casamento pela primeira vez, ainda criança, seu sonho é apenas um: percorrer o tapete vermelho da igreja, vestida de noiva. Porém, contrariando todas as suas expectativas, ao ser abandonada no altar, a vida de Bárbara desmorona. Ela decide voltar à cidade natal e passa a viver com os irmãos e mais dois amigos. Todos homens. Com a ajuda de Vivian, uma espécie de Barbie Malibu, Bárbara tenta superar sua decepção amorosa recente e uma da adolescência, que volta com tudo à sua memória: o garoto dos olhos azuis.

  Será que o cavalo branco só passa uma vez? É isso que Bárbara vai descobrir com bom humor, jogo de cintura e uma pitada de neurose, em O Garoto dos Olhos Azuis, romance de estreia de Raiza Varella.



Resenha: 
O príncipe encantado, quem nunca sonhou com o belo cavalheiro montado em um cavalo branco, grande parte das meninas na infância, sonharam com ele, é quase impossível não se imaginar em um dos cenários de contos de fadas. O sapatinho da Cinderela, a maça envenenada da Branca de Neve, o feitiço da Bela e a Fera, o amor verdadeiro e o que todos queremos alcançar "E viveram felizes para sempre!", mas não é tão fácil assim. 

Bárbara, sempre acreditou em contos de fadas que ela encontraria o príncipe encantado e viveria felizes para sempre, alguém esqueceu de dizer para ela que ele não existe. Aos seis anos ela foi ao seu primeiro casamento, e se encantou ao ver o olhar do noivo para a noiva, naquele momento ela soube que queria aquele olhar quando se cassasse. O grande dia de Bárbara chegou, mas ao abrir as portas da igreja algo estava errado, o noivo não estava olhando para ela como ela sempre sonhou que aconteceria, o olhar do noivo era triste e se encontrava com o de uma das damas de honra, isso mesmo, Bárbara é largada no altar na frente de todos, o noivo fica com sua melhor amiga, ou melhor com quem dizia que era sua melhor amiga né. 

“ – Desculpa, padre, mas infelizmente este casamento não vai acontecer. Estou apaixonado por outra mulher. – Ele beijou Manoela delicadamente enquanto ela suspirava de alívio.”
Depois da humilhação ela decide recomeçar, voltar as origens. Voltamos ao passado de 
Bárbara e conhecemos o “Garoto dos olhos Azuis”, como um príncipe encantado ele aparece para salvá-la, mas foi embora tão rápido que não deu tempo de perguntar seu nome. Então ele fica marcado como “ O garoto dos olhos Azuis”. 

“ – Não escuta o que ela falou. Eu sei que algum dia alguém vai notar você. – Então ele abriu o sorriso mais lindo que eu já tinha visto, o que me fez lembrar daquele noivo de muitos anos atrás, mas o sorriso daquele rapaz não chegava nem aos pés do meu garoto dos olhos azuis. Borboletas dançaram no meu estômago. – Sabe por quê? – Neguei com a cabeça. – Porque eu notei.”

Bárbara está enlouquecendo os pais e a avó com sua “fossa”, ela recebe o convite para morar com os irmãos Monstro(Augusto) e Mala ( Gustavo) e ela aceita, Bah vai morar em um apartamento com quatro homens, Augusto, Gustavo, Bernardo e Ian ( suspiros). 

“Até a minha avó é culpada por minha total desolação. Desde pequena ela sempre repetiu a mesma fala quando eu começava a ladainha sobre o cara perfeito: “Querida, o cavalo branco só passa uma vez na vida, se você deixa-lo escapar não terá outra chance.” Pois é, vovó, eu levei um coice. MUITO OBRIGADA!”

Ian o médico mais gato, gato e gato do pedaço, mau humorado e super organizado, viciado em sorvete de café, o sorvete é sagrado, vão acontecer muitas coisas por causa do potinho de sorvete. Juntamente com os quatro caras do apartamento ela ganha, Vivian de brinde, a irmã de Ian, uma jovem doce e que precisa de uma amiga, ela e Bárbara se tornam amigas, Vi se torna a tabua de salvação dela, uma melhor amiga de verdade. 

“ – Que você não enxerga o que está bem na sua frente. Sim, você perdeu duas amigas, grande coisa. Se elas realmente gostassem de você, teriam sido honestas. Você perdeu um noivo, dane-se. Se ele te amasse, nunca teria cedido as investidas de ninguém, muito menos de uma das suas amigas. – Comecei a chorar novamente. – Mas você ainda têm pessoas que se preocupam. Têm pais ótimos, uma avó linda, dois irmãos que a amam e dariam a vida por você, e tem amigos, você ainda tem amigos, Bárbara.”

Em meio a muitas confusões, decisões e reviravoltas o garoto dos olhos azuis se desenvolve com um enredo brilhante, vai proporcionar ao leitor muitas risadas, suspiros e vai deixar a pergunta no ar “O príncipe encantado existe? ”. 

Raiza desenvolveu personagens de personalidades definidas, cada um deixa sua marca registrada na história, são mais do que personagens secundários. O final vai fazer o leitor suspirar. 

“...acho que a felicidade não é algo palpável, é simplesmente um estado de espírito. Uma hora você está feliz, outra não está e isso pode mudar em questão de segundos, com uma palavra, um gesto, uma música. Mas, mesmo que eu tente, mais nada chega ao fundo do meu sofrimento, entende? Nada é bom o bastante para me tirar desse torpor. Num momento estou bem; não feliz, mas bem, e então acesso uma lembrança e já fico péssima.”

Um check-lit perfeito, um romance nacional com paisagens maravilhosas, personagens ricos e uma narrativa impecável, um livro que tem tudo para se tornar o seu check-lit preferido. 

A diagramação está impecável, os começos de capitulo tem um trecho de musica, filme ou poemas ( amei quando aparece citações da Disney), a capa está PERFEITA. 

Estou querendo saber onde está o meu cavalo branco? Raiza se você o vir por aí avisa que eu estou esperando. 

Eu amei, amei e amei! 

Eu recomendo! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...