1.7.16

Resenha: O anjo e o leviatã


Hey Mentes, hoje tem resenha do conto O anjo e o leviatã de Martha Ricas, autora parceira do nosso blog, o conto faz parte do livro Criaturas do Submundo, laçado pela editora Wish. 


Sinopse:A delicadeza brutal dos contos de dark fantasy cria forma em uma antologia inédita no Brasil.
Não deixe que a presença das Criaturas do Submundo lhe assuste. Vampiros, Lobisomens, Fadas, Dragões, Feiticeiros, Sereias e outros elementos míticos são desconstruídos para tornarem-se mais sombrios do que você jamais sonhou.

Os 35 contos selecionados desta antologia alcançam a melhor essência da fantasia em enredos assustadores e inimágináveis.

Aventure-se pelo passado, presente e futuro do incrível gênero Dark 

Fantasy. 
O anjo e o leviatã
Um feudo dominado por um rei atormentado
Um herdeiro ao trono rude e ganancioso
Uma Querubim pronta para a guerra


Ashira é a querubim mais bondosa, sentimental e misericordiosa, sempre estando na retaguarda das batalhas, foi escalada para uma missão muito importante, um feudo está prestes a ser atacado por uma criatura das trevas, um leviatã, alguns o chamam de dragão, eles possuem ligação direta com criaturas do submundo.  Diferente de Chaya, a querubim deste conto não gosta de batalhas e de derramar sangue o faz apenas por ser necessário.


Julian Straufus, um principe atormentado por lembranças do passado, e cheio de magoas o jovem quer respostas, mesmo sem saber quais, prestes a herdar o trono seu pai, o rei Thornwall precisa revelar alguns segredos sobre o passado e contar sobre a grande ameaça que pode acabar com seu Feudo.


"“Os portões estão sempre abertos, e jamais nos esquecemos de que os Céus nos libertaram de jugos que iam muito além da tirania humana e sobre os quais sempre deveríamos estar em vigilância”"
Apesar de sua rebeldia Julian ouve atentamente ao relato de seu pai sobre a mãe do rapaz que era uma atalaia, os atalaias possuem o poder de prever algumas situações que envolve o que há entre o céu e o inferno e proteger os humanos.


Enquanto o relato se passa, a querubim Ashira está no alto de uma montanha procurando indícios do leviatã, para sua surpresa ela não é a única a fazer isso, Darryn decide voltar para o alto da montanha quando encontra Ashira, porém ela o convence do contrário, Darryn passa a ajudar a querubim.
As escolhas de Julian, o príncipe perverso faz com que seus caminhos se cruzem e tem consequências duradouras para todo um reino.


Vou parar de contar pois o conto é bem curto e não quero dar spoiler, Martha Ricas mais uma vez me ganhou nas primeiras linhas de seu texto, com uma narrativa impecável somos levados a um cenário um tanto assustador, guerras, dragões e uma possível ruína permeiam o conto. É impossível largar o conto.  


Os personagens foram bem construídos e bem desenvolvidos, principalmente Ashira, ela é doce, sensível, mas também é um guerreira incrível, Martha soube dosar a doçura e a força da personagem e transmitir isso na narrativa. Estou ansiosa para Querubins a balança do coração, que trará Ashira em mais uma missão grandiosa.


Um conto sobre o poder das escolhas.


Martha estou ansiosa pra ver o que mais está querubim tem para contar.  

Um comentário:

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...