21.9.16

Resenha: Muito mais que o acaso - Athos Briones


Hey Mentes, hoje tem resenha de Muito mais que o acaso, o primeiro livro do autor Athos Briones, que foi lançado na bienal internacional do livro de São Paulo, e claro que já temos resenha deste lançamento. Confira a resenha completa neste post.



Muito mais que o acaso
Editora: Gutenberg
Páginas: 160
Classificação: 4,5\ 5
Sinopse: O amor não tem idade, não tem hora, ele acontece quando você menos espera.
Victor é um garoto comum. Estudante de escola pública, ele adora jogar futebol e sonha em proporcionar um futuro melhor para a mãe e para a irmã. Tudo o que ele precisava era de uma oportunidade para que os seus sonhos, enfim, se tornassem realidade.

O empurrãozinho do destino chega quando Victor ganha uma bolsa de estudos no melhor colégio de São Paulo, graças ao seu talento no futebol. Perdido em um ambiente completamente novo e muito distante da realidade de sua vida, ele encontra refúgio entre os novos amigos e nos olhos claros de uma garota chamada Sophia, capaz de fazê-lo se sentir parte daquele mundo. Mas quando a mãe de Sophia se opõe ao relacionamento dos dois, os problemas do ensino médio surgem e as pessoas não são tão receptivas quanto parecem, Victor percebe que terá de vencer o preconceito e a discriminação para provar que o valor de uma pessoa não se mede pela sua origem, mas por suas ações.

Com uma narrativa leve e personagens apaixonantes, Athos Briones nos conduz em seu romance de estreia por uma história em que os dramas e os conflitos da adolescência ganham a cena, mostrando que a vida é muito mais que o acaso.

Resenha:
Muito mais que o acaso, o primeiro livro de Athos Briones trata de temas polêmicos e que precisam ser falados, discutidos e aceitos. O autor falou sobre preconceito em diversas formas de um jeito aberto, sem demagogias, de forma realista e que fará o leitor repensar sobre muitos temas.

Vitor é um garoto comum, nasceu em um bairro periférico  estudante de escola pública, e extremamente talentoso, por causa do talento com a bola nos pés, ganha uma bolsa de estudos na melhor escola de São Paulo. Ele sonha em dar um futuro melhor para a mãe, Silvia e a irmã Bruna.  
"Muitas garotas sonham em ser a Julieta para o seu Romeu. 
O que elas esquecem é o que isso significou para os envolvidos nesta história. 
Eu nunca quis ser o Romeu de ninguém. 
Eu sou só um cara comum".
Sophia é uma meninas rica, bondosa e vive com a pressão que a mãe exerce, afinal ela está no último ano da escola e precisa focar nos estudos para seguir direito, porém não é isso que ela quer.

Primeiro dia de aula é uma coisa difícil, ainda mais se você trocou de escola, como é o caso Vitor, e ainda mais sendo o último ano da escola. Neste cenário se passara Muito Mais que o Acaso, Vitor é um peixe fora d'água, sendo o bolsista em uma turma de meninos egocêntricos e mimados.
Ele faz amizade com Matheus e Léo, que não se importam com condição financeira, juntos eles três vão formar um trio imbatível, juntamente com Matheus e Léo, Vitor conhece a doce Sophia e se encanta pelos olhos claros da moça.
"Nós nos encaramos outra vez e abro a boca par dizer algo no mesmo instante em que o sinal toca. 
Não sei se é isso ou não, mas fomos literalmente salvos pelo gongo"
Em um enredo apaixonante, Athos Briones conduz seu leitor por temas complicados, homofobia, discriminação social e racial são apenas a pincelada nesta história encantadora. Athos me fez lembrar de algumas situações que passei, me vi em Vitor em muitas ocasiões, e claro enxerguei meus amigos em Matheus, Léo e Sophia.  
Os conflitos adolescentes ganham as páginas desta história simples e real, o autor não enrolou, contou a história de forma direta, sem rodeios, deixando o leitor entrar de cabeça na história, me senti parte de Muito mais que o acaso. Athos provou que o que faz um livro não são a quantidade de páginas e sim seu conteúdo e muito mais do que o acaso, e muito mais que um livro com dilemas adolescentes.

" Muitas pessoas acham que n[os, adolescentes, não sabemos o que é o amor, não sabemos nada da vida. Eu discordo. O amor não tem idade, não tem hora, ele acontece quando você menis espera".
A narrativa é leve e rápida, eu queria mais a cada página, por ser um enredo sem grandes dramas, a leitura flui ainda mais rápido. Li em apenas algumas horas, duas talvez - risos-.  Athos Briones, escreva mais por favor. Que tal um Muito mais que o acaso 2 ? rsrs.

O autor consegue amarrar todas as pontas de um enredo primoroso. A conclusão final me deixou com vontade de quero mais. Confesso que terminei de ler com lágrimas nos olhos.

A editora Gutenberg fez uma diagramação simples e encantadora. Eu amei!

Bianca Briones, você criou seu filho para ser um herói, e saiba que sua missão foi realizada com sucesso, Athos salvou e salvará muitos leitores, ele abriu meus olhos, mostrando que posso fazer muitas coisas.

Obrigado por Muito Mais que o Acaso, Athos.

Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...